PUBLICIDADE
Economia

EUA iniciam preparativos para a imposição de mais tarifas sobre produtos chineses

12:14 | 11/05/2019
O representante comercial dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, informou que seu escritório (USTR) começou os preparativos para a imposição de tarifas sobre aproximadamente US$ 300 bilhões em produtos chineses importados pelos americanos, os quais ainda não sofrem barreiras impostas por Washington.
Na sexta-feira, por ordens do presidente Donald Trump, os EUA aumentaram a alíquota tarifária sobre US$ 200 bilhões em importações chinesas de 10% para 25%. Além disso, ele pediu a Lighthizer que impusesse barreiras sobre os produtos chineses importados pelos EUA que ainda não haviam sido tarifados. "O processo de notificação e comentários públicos será feito em breve. Os detalhes sobre as novas tarifas serão disponíveis na próxima segunda-feira, quando iniciaremos o processo antes de uma decisão final sobre essas tarifas", indicou comunicado assinado por Lighthizer.
A sexta-feira foi marcada pelo fim da 11ª rodada de negociações comerciais entre autoridades americanas e chinesas. Em Washington, Lighthizer e o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, se reuniram com o vice-primeiro-ministro da China Liu He. De acordo com a agência estatal chinesa Xinhua, há três grandes pontos de discordância entre os dois lados durante as negociações comerciais. Detalhes sobre as conversas não foram revelados, mas Liu He disse que as reuniões foram "relativamente boas", enquanto Mnuchin classificou o encontro com os chineses como "construtivo".

Agência Estado