PUBLICIDADE
Economia
Em Fortaleza

Divulgadas imagens de maquete 3D da roda gigante da Praia de Iracema

As fotos foram obtidas de forma exclusiva pelo O POVO Online. Prefeitura destaca que não terá custos com construção e manutenção do empreendimento

18:25 | 15/03/2019
As fotos foram obtidas de forma exclusiva pelo O POVO Online
As fotos foram obtidas de forma exclusiva pelo O POVO Online

As primeiras imagens da maquete 3D da roda gigante a ser construída no espigão da João Cordeiro, na Praia de Iracema, foram divulgadas nesta sexta-feira, 15, com exclusividade ao O POVO Online. Desenvolvido pela AmuseBR, o empreendimento está orçamentado em R$ 120 milhões, investimento a ser empregado pela iniciativa privada.

Prefeitura destaca que não terá custos com construção e manutenção do empreendimento
Prefeitura destaca que não terá custos com construção e manutenção do empreendimento (Foto: AmuseBR / Reprodução)

Somente desenhos do projeto tinham sido divulgados até o momento. O equipamento deverá contar com cerca de 100 metros de diâmetro e aproximadamente 24 cabines rotativas com 30 metros quadrados cada uma. Utilizando energia limpa, a roda gigante servirá como observatório do litoral da Capital.

O CEO da AmuseBR, empresa disposta a construir o equipamento, Charlles Nogueira, diz que com as mudanças no Governo Federal houve uma demora no avanço do projeto quanto às liberações ambientais, mas que as conversas com a Prefeitura continuam. Esperam que a gestão municipal consiga o documento de liberação junto à União para que ocorra o chamamento para audiências públicas e posterior licitação.

"Agora com a volta do Alexandre (Pereira, titular da Secretaria de Turismo de Fortaleza) houve um empenho direto na resolução de questões junto à Secretaria do Patrimônio da União (SPU). O sistema de licitação do Município atua de uma forma e o da União de outra (esse é o principal empecilho)".

A AmuseBR é uma empresa com expertise em diversos trabalhos em todo o País. Cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre têm projetos assinados pela empresa. O processo na capital paulista é para construção de uma roda gigante de 220 metros, em local ainda não divulgado. No Rio, a construção será no Porto Maravilha e está em fase de pré-licenciamento.

Em Fortaleza, além da roda gigante, o entorno contará com atrações diversas. "É uma área grande, quase mil metros, com possibilidade de ter restaurantes, área para eventos, toda uma estrutura montada no alargamento do píer, que fica em R$ 80 milhões a mais do inicialmente proposto, mas para desenvolver um local com bastante possibilidades", explicou.

O secretário Municipal de Governo (Segov), Samuel Dias, declarou nessa quinta-feira, 14, que o projeto da roda gigante já está em andamento e “praticamente concluído”. Segundo ele, ainda são esperadas liberações de licenças ambientais pela União para dar início à implantação do projeto.

Na ocasião, o coordenador de Fomento à Parceria Público-Privada e Concessões (PPPFOR), Rodrigo Nogueira, destacou ainda que a Prefeitura de Fortaleza não terá gastos na construção e manutenção do empreendimento. "Pelo contrário, este projeto deverá maximizar ganhos turísticos para a cidade e impulsionar a economia", disse.

Anteriormente, apenas esboços do projeto tinham sido divulgados
Anteriormente, apenas esboços do projeto tinham sido divulgados (Foto: AmuseBR / Reprodução)

 

Samuel Pimentel e Wanderson Trindade