PUBLICIDADE
Notícias

CAE confirma vista coletiva a relatório sobre indicação de Campos Neto ao BC

12:15 | 19/02/2019
O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), senador Omar Aziz (PSD-AM), confirmou na manhã desta terça-feira, 19, a vista coletiva automática ao relatório sobre a indicação do economista Roberto Campos Neto para a presidência do Banco Central.
O mesmo vale para os relatórios a respeito das indicações de Bruno Serra Fernandes, indicado para a Diretoria de Política Monetária do BC, e de João Manoel Pinho de Mello, indicado para a Diretoria de Organização do Sistema Financeiro.
A sabatina com Campos Neto, Fernandes e Mello e a apreciação de seus nomes serão realizadas na reunião seguinte da CAE, marcada para o dia 26.
Leitura do relatório
Antes da vista coletiva, o senador Eduardo Braga (MDB-AM) leu seu relatório sobre a indicação do economista Roberto Campos Neto para a presidência do Banco Central.
Braga afirmou, antes da leitura, que, na segunda-feira, teve reunião de uma hora e meia com Campos Neto. Em seu relatório, disponível no sistema da CAE, Eduardo Braga fez um resumo da trajetória do economista.
Ele lembrou que Campos Neto, nascido em 1969, graduou-se em economia em 1993 e concluiu mestrado em 1995 - em ambos os casos, na Universidade da Califórnia. Além disso, fez em 2017 o Programa Executivo em Liderança, oferecido pela US Military Academy at West Point, em Nova York, e o Programa Executivo em Inovação Tecnológica da Singularity University, da Califórnia.
No sistema financeiro, Campos Neto trabalhou no Bozano Simonsen como operador de derivativos de juros e câmbio, de dívida externa, de bolsa de valores e como executivo de renda fixa internacional, no período de 1996 a 1999. No Santander Brasil, o economista atuou como chefe de Renda Fixa Internacional entre 2000 e 2003 e como chefe de Trading de 2006 a 2010.
Entre 2010 e 2018, foi responsável pela Tesouraria Global para as Américas do Santander, foi membro do Conselho do Santander Investment nos EUA e membro do Conselho Executivo do banco de investimentos no Brasil e no mundo.
Campos Neto Também foi gerente de carteiras da Claritas Investimentos de 2004 a 2006, membro externo do Comitê de Produtos e de Precificação da B3 no período 2017 a 2018 e, finalmente, membro do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial, em 2018.

Agência Estado

TAGS