PUBLICIDADE
Notícias

PAUTA DE ECONOMIA - SEGUNDA-FEIRA, 18

12:01 | 18/02/2019
BC/FOCUS - Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2019 em 3,87%, no relatório Focus divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central. Já a projeção para o índice de 2020 continuou em 4,00%. Quanto ao Produto Interno Bruto (PIB), a projeção de crescimento para 2019 variou de 2,50% para 2,48%. Para 2020, passou de 2,50% para 2,58%. A expectativa para 2018, por sua vez, passou de 1,25% para 1,22%. Em relação ao dólar, a previsão para 2019 seguiu em R$ 3,70 e a de 2020 continuou em R$ 3,75. Para os juros, a expectativa para a Selic em 2019 permaneceu em 6,50% ao ano. No caso de 2020, a projeção para a Selic ficou em 8,00% ao ano.
REFORMA/PREVIDÊNCIA - A crise política que envolve o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, cuja saída do governo é esperada para ser anunciada oficialmente nesta segunda-feira, gera apreensão dentro do governo e no mercado financeiro em relação à tramitação da reforma da Previdência. A exoneração ainda não foi publicada em edição extra no Diário Oficial da União e, enquanto isso, o clima de insegurança permanece. A expectativa geral é de que o texto da reforma da Previdência seja apresentado à Câmara na quarta-feira.
AEROPORTOS/LEILÃO - O presidente da República, Jair Bolsonaro, usou sua conta no Twitter para divulgar o leilão de 12 aeroportos no Programa da Parcerias e Investimentos (PPI), com estimativa de investimentos na faixa de R$ 3,5 bilhões. Os ativos a serem leiloados foram divididos em três blocos: Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.
BOA VISTA/VAREJO/JANEIRO - As vendas do comércio varejista no País subiram 1,0% em janeiro, depois da queda de 1,5% em dezembro, informa a Boa Vista. No acumulado de 12 meses, houve expansão de 1,3%, enquanto no confronto com janeiro de 2018 a elevação foi de 3,4%. Conforme a Boa Vista, os resultados revelam a dificuldade de retomada do comércio, que vem registrando fraco desempenho desde o início do ano passado.

Agência Estado

TAGS