PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

CEO da Air France-KLM teria intenção de encerrar companhia que faz Fortaleza-Paris; empresa nega

A Air France-KLM negou por meio de nota a afirmação do jornal. Medida poderia impactar o hub aéreo, já que a Joon opera voos semanais entre Paris/CGD e Fortaleza, com aeronaves A340-300

SAMUEL PIMENTEL
13:11 | 30/11/2018
NULL
NULL (Foto: )
[FOTO1]Lançada em 2017, a companhia aérea Joon, subsidiária da Air France-KLM, pode estar próxima do fim. Segundo o jornal francês Le Figaro, o novo CEO da Air France-KLM, Benjamim Smith, estaria decidido a encerrar as operações dessa empresa. Medida impactaria voos entre França e Fortaleza.

[SAIBAMAIS]Com conceito denominado híbrido, por não encaixar nem no segmento low-cost ou no segmento clássico de voos comerciais. A ideia inicial era fazer com que a Joon, com estilo mais despojado, chamasse atenção do público mais jovem e ajudasse a Air France a manter rotas consideradas deficitárias.

A Joon opera voos semanais entre Paris/CGD e Fortaleza, com aeronaves A340-300. O POVO Online procurou a Air France-KLM no Brasil, que por meio de sua assessoria de imprensa, lançou nota negando a afirmação do jornal. "O Grupo Air France-KLM nega a informação de que decidiu suspender as operações da Joon. Nenhuma decisão foi tomada. Os voos da Joon, todos operados em nome da Air France, continuam funcionando normalmente e permanecem disponíveis para compra"

Ainda de acordo com o Le Figaro, apesar da medida ser dada como certa, ainda faltaria aval do Conselho Administrativo da Air France abordar o assunto em reunião.
TAGS