PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Se você comprar na Black Friday o produto chega até o Natal? Confira estimativas

Correios afirmam que começaram a preparação para a demanda desde abril deste ano

14:02 | 21/11/2018
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )
Um desejo dos consumidores é aproveitar a Black Friday para adiantar as compras para o Natal. Segundo pesquisa divulgada pelo site da revista Veja, cerca de 50% dos entrevistados têm essa intenção. Um problema é que, com a demanda gerada, os prazos podem acabar se estendendo e consumidores precisem fazer novos gastos para garantir o produto que não chegou a tempo.
 
O POVO Online fez um levantamento com algumas das principais redes de varejo para ver qual o prazo prometido para entrega para Fortaleza. O levantamento foi realizado nesta quarta-feira, 21, com três produtos diferentes: um modelo de celular, um de televisão e um eletrodoméstico. Os dados correspondem à opção mais barata de envio e foi utilizado um CEP de Fortaleza.
 
Confira os dados abaixo:
[FOTO1] 
Pelo prazo apresentado, caso a compra seja feita na sexta-feira, o único produto que não chegaria a tempo seria a televisão do site Submarino. A encomenda poderia chegar até um dia depois do Natal, 26 de dezembro.

As redes foram consultadas a respeito do cumprimento dos prazos com a alta demanda existente na data. O Carrefour confirmou, por meio de sua assessoria, que os prazos estipulados no ato da compra serão respeitados.
 
Já a assessoria de imprensa que responde pelas lojas Casas Bahia, Pontofrio e Extra.com informou que as lojas "vão começar a fazer as entregas referentes às compras de Black Friday já a partir do sábado". E garantiu: "todos os itens comprados no período deverão ser entregues em até, no máximo, dez dias úteis". As três marcas têm 26 centros de distribuição no Brasil e aumentou o quadro em logística "para as datas sazonais de fim de ano em aproximadamente 30%". 

Encomendas dos Correios
Segundo nota divulgada pela assessoria dos Correios, o planejamento para as vendas da Black Friday está sendo desenvolvido desde abril deste ano. A empresa investiu cerca de R$ 100 milhões em novos sistemas de automação, deixando a capacidade de tratamento automatizado aproximadamente 30% maior.

Durante o período da Black Friday, serão implementadas algumas ações especiais, como a adoção de horários especiais em pontos de atendimento com maior volume de postagem e o aumento da capacidade de transporte com a criação de novas linhas temporárias.
 
Leonardo Maia, Especial para O POVO 
TAGS