PUBLICIDADE
Notícias

Copom volta a se reunir nesta quarta-feira e deve divulgar o maior corte na Selic desde 2009

O mercado e os economistas esperam uma redução de 12,25% para 11,25%, a menor taxa desde outubro de 2014

10:37 | 12/04/2017
O Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, deve anunciar nesta quarta-feira, 12, redução de 1 ponto percentual na taxa básica de juros, a Selic, chegando a 11,25% ao ano. Esta será a maior redução do índice dos últimos oito anos. 

Na última vez em que houve uma queda tão grande foi em outubro de 2009, quando o corte foi de 1,5 ponto percentual. Para o mercado financeiro e boa parte dos economistas. A decisão será divulgada às 18h.

Esta será a quinta redução seguida na taxa, que deve alcançar o menor nível desde outubro de 2014, quando o índice chegou a 11% ao ano.

A Selic é a taxa de referência para o mercado financeiro e influencia os juros cobrados no mercado, sendo o principal instrumento para controle da inflação. Quando a inflação sobe, a tendência é de que o Copom aumente os juros, o que encarece o crédito e reduz o consumo, evitando a alta de preços. 

Quando a inflação cai, a tendência é que o órgão reduza os juros, principalmente em momentos de recessão econômica, para estimular o consumo. 

Os economistas estimam que o a Selic continue em queda nos próximos meses até chegar a 8,5% no fim deste ano.


 
Redação O POVO Online 
TAGS