PUBLICIDADE
Notícias

Prefeitura anuncia corte de 30% nos gastos com terceirizados

Estimativa da Prefeitura é economizar R$ 130 milhões por ano com a medida. Pacote de 11 ações, apresentado nesta terça, deve chegar a uma economia de R$ 250 anuais

16:18 | 23/01/2017

Atualizada às 21h42min

A Prefeitura de Fortaleza anunciou corte de 30% nas despesas com terceirizados, que devem representar uma economia R$ 130 milhões ao ano. A medida integra o pacote de racionalização e otimização de gastos com pessoal e custeio da máquina pública (Agenda de Gestão). Anunciado nesta terça-feira, 23, a estimativa é que as medidas gerem uma economia de R$ 250 milhões ao ano.

Em entrevista coletiva após a apresentação do programa, o secretário de Governo, Samuel Dias, chegou a dizer que o corte nas despesas com terceirizados representaria o enxugamento de 3 mil cargos. Posteriormente, a Prefeitura enviou nota recuando. “Isso não significa, objetivamente, demissão de 30% dos servidores terceirizados. Neste momento, a Prefeitura de Fortaleza negocia, por meio de licitação, a contratação de empresas prestadoras de serviços terceirizados, o que pode garantir redução nos valores pagos atualmente, sem necessariamente implicar em demissões”.

Veja a lista com as 11 medidas:

- Redução de veículos locados, inclusive a retirada dos veículos de representação dos secretários;

- Fusão das Secretarias Municipais de Cidadania e Direitos Humanos (SCDH) e do Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome (Setra);

- Redução dos gastos com aluguéis, diárias, passagens, apoio a eventos, telefonia, internet, energia e outros;

- Auxílio-alimentação somente para quem ganha até R$ 6 mil;

- Redução de 50% das gratificações de Trabalho Técnico Relevante (TTR);

- Redução de 50% das Comissões de Trabalho;

- Limitação de uso de Servidores Cedidos com ressarcimento;

- Extinção da reincorporação de cargos comissionados;

- Implantação do ponto eletrônico com biometria;

- Redução de cerca de 30% de contratos de serviços terceirizados;

- Suspensão da utilização de licença-prêmio por três anos.

TAGS