PUBLICIDADE
Notícias

Banco do Nordeste recebe prêmio de boa gestão pelo TCU

A instituição pública ganhou o prêmio Mérito Brasil de Governança e Gestão Públicas. O evento ocorreu nesta terça-feira, 29, em Brasília

18:01 | 01/12/2016
Marcos Holanda recebendo o prêmio em nome da instituição
Marcos Holanda recebendo o prêmio em nome da instituição

[FOTO1]O Banco do Nordeste (BNB) recebeu o prêmio Mérito Brasil de Governança e Gestão Pública pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em solenidade ocorrida nesta terça-feira, 29, em Brasília. A instituição foi reconhecida pela sua gestão de risco de controle e pelas responsabilidades bem definidas. Para o presidente do BNB, Marcos Costa Holanda, o prêmio estimula a continuar a seguir na forma como trabalham.

 

 

“O Banco sente-se honrado, desafiado e com grande responsabilidade de continuar avançando na lógica da boa governança como alvo fundamental para o desenvolvimento do país”, destacou Marcos. Para que a instituição conquistasse o reconhecimento, o TCU avaliou as empresas participantes a partir dos critérios baseados nos princípios de governança estabelecidos no Índice Geral de Governança (IGG).

 

%2bLeia Mais: Banco do Nordeste lança Cartão BNB Agro

 

 

Os critérios levam em consideração três aspectos de governança: liderança, estratégia e controle. A escolha dos vencedores ocorreu a partir de um preenchimento de 12 mil questionários com 140 perguntas que foram respondidos por 7 mil órgãos.

 

 

O evento contou com a presença do presidente Michel Temer que alegou que a boa gestão é fundamental para o desenvolvimento de um país. “A premiação é um reconhecimento do esforço interno do governo. Mostra que estamos no caminho certo e lembra o papel chave que a boa gestão tem para o futuro do Brasil, pois sem a governança adequada não é possível ter um país justo e desenvolvido”, destacou. O presidente também acrescentou que a democracia brasileira atingiu sua eficiência nos serviços públicos e nos setores privado, gerindo melhor seus recursos.

 

 

Para o presidente do TCU, ministro Haroldo Cerdraz, esses eventos só ressaltam o sentido do papel do setor público: servir a população. Dessa forma, reconhecer o trabalho dos órgãos públicos implica em estimular outros setores à boa governança.

 

Redação O POVO Online

TAGS