PUBLICIDADE
Notícias

Na Black Friday, consumidor pagará à vista caso desconto seja excessivo

Para 64%, o desconto à vista é mais importante do que o parcelamento

12:46 | 07/11/2016
NULL
NULL
Segundo pesquisa divulgada pelo Mercado livre, a maioria dos brasileiros diz estar disposta a pagar à vista se os descontos oferecidos no Black Friday forem agressivos. Neste ano, as promoções no comércio eletrônico e físico acontecerão no próximo dia 25.

Segundo 64% dos entrevistados, o desconto à vista é mais importante do que o parcelamento na hora de realizar as compras no Black Friday.

O levantamento foi feito pela Bonus Quest a pedido do Mercado Livre com  1.115 consumidores que realizaram compras na Black Friday de 2015.

Os itens mais comprados no ano passado foram celulares e telefones (33%); itens de informática (22%); e de moda e eletrodomésticos (19%); seguidos por equipamentos de aúdio e vídeo (14%).

Os clientes gastaram em média R$ 611, usando o cartão de crédito como a principal forma de pagamento (72% usaram deste meio). Os outros 23% pagaram via boleto bancário.

Em 2015, pesquisa realizada com 1.164 internautas brasileiros apontou que o parcelamento sem juros no cartão de crédito foi a escolha citada por 65,8% dos entrevistados. Em seguida, aparecem os pagamentos à vista no boleto (36,4%) e à vista no cartão de crédito (24,3%).

Quando perguntados sobre quanto pretendiam gastar, a maioria (68,1%) repondeu que gastaria mais de R$ 500, sendo 28,5% de R$ 500 a R$ 1 mil; 22,9% de R$ 1 mil a R$ 2 mil, e 16,7% acima de R$ 2 mil. Apenas 3,5% iriam gastar até R$ 100; 12,1% de R$ 100 a R$ 300 e 16,2% de R$ 300 a R$ 500.

Os itens mais pretendidos foram celulares ou smartphones (38%), eletrodomésticos (22%), produtos de informática e aparelhos de TV e Vídeo (empatados em 21%).
 
Redação O Povo Online 
TAGS