PUBLICIDADE
Notícias

BC prevê inflação abaixo da meta para 2017

08:22 | 25/10/2016
O Banco Central (BC) acredita que as taxas para a inflação de 2017 e 2018 vão estar abaixo da meta estabelecida, de acordo com a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada na manhã desta terça-feira, 25. Quando observadas as projeções do mercado financeiro, os números encontram-se acima da meta.

O documento do BC prevê o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechando a 4,3% no ano que vem e 3,9% no ano seguinte. Para as instituições financeiras consultadas para a elaboração do Boletim Focus, cuja última divulgação foi feita nesta segunda-feira, 24, a previsão é de que esses valores sejam, respectivamente, 4,9% e 4,7%.

No texto da ata, o Banco considera que há sinais que indicam pausa no processo de desinflação de serviços. Foi considerado também que há espaço para a queda maior dos juros, mas que isso deverá acontecer de forma gradual.

A velocidade para a queda da taxa, segundo o BC, depende de uma série de fatores que deverão contribuir para que a inflação chegue à meta, como o ritmo de aprovação de ajustes para a política econômica.

Na última semana, o Copom aprovou uma baixa de 0,25 ponto percentual na Selic, a taxa básica de juros, após quatro anos sem baixa.

Redação O POVO Online
TAGS