PUBLICIDADE
Notícias

Indicador de emprego indica recuepração, mas não para agora

08:54 | 06/09/2016
O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) teve avanço de 1,1 ponto no mês de agosto, chegando a 90,2 pontos, o maior patamar do índice desde maio de 2011, quando atingiu 90,4 pontos.

O avanço do índice tem como principal fator a tendência de diminuição do ritmo de queda na ocupação na economia brasileira para os próximos meses, segundo informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV), em divulgação feita nesta terça-feira, 6.

O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD), por sua vez, teve recuo de 1 ponto, chegando a 95,8.

Na divulgação, a Fundação avalia que os resultados do mês de agosto refletem uma futura geração de emprego para o País, devido ao número do IAEmp. No entanto, o ICD mostra que isso ainda não é uma realidade no presente momento, com os consumidores não percebendo uma recuperação veloz do mercado.

Redação O POVO Online
TAGS