PUBLICIDADE
Notícias

Baixa nos juros só acontecerá quando inflação aproximar-se da meta

09:10 | 06/09/2016
O Banco Central estabeleceu que a baixa nos juros só deverá acontecer quando a economia brasileira conseguir fazer com que a inflação fique dentro da meta. A decisão é sinalizada na ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada nesta terça-feira.

A meta para a inflação estabelecida pela instituição é de 4,5%. Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), a perspectiva é de que 2016 feche com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) a 7,5%. O Boletim Focus, elaborado a partir de consultas ao mercado financeiro, indica que esse número deverá ser de 7,34%.

Como resultado, a taxa básica de juros, a Selic, foi mantida a 14,25% ao ano pela nona reunião seguida.

Conforme a ata, a alteração da Selic deverá depender de três fatores: a desaceleração da inflação (ou pelo menos dos componentes mais importantes para a política monetária), redução da incerteza com relação aos ajustes a serem feitos na economia pelo novo governo e os imapctos que isso terá sobre a inflação.

Redação O POVO Online
TAGS