PUBLICIDADE
Notícias

Acordo para congelar produção de petróleo é improvável, dizem analistas

10:12 | 05/09/2016
Grandes produtores de petróleo não deverão conseguir chegar a um acordo para congelar a produção durante conversas informais que terão no fim do mês, às margens de uma conferência sobre energia na Argélia, prevê Abhishek Deshpande, analista do setor no banco francês Natixis.

Segundo Deshpande, um acordo é improvável, uma vez que os sauditas insistem que o Irã participe de um eventual pacto.

Caso não haja acordo, Deshpande calcula que os preços do petróleo vão continuar abaixo de US$ 50 por barril no restante do ano e passarão a subir no fim de 2017.

Já na avaliação do Morgan Stanley, um acerto para limitar a produção geral seria impossível, uma vez que vários países planejam ampliar sua produção individual. Além disso, um acordo elevaria os preços do petróleo apenas temporariamente, antes de as cotações voltarem a cair no médio prazo, acrescentou o banco. Com informações da Dow Jones Newswires.

TAGS