PUBLICIDADE
Notícias

Rússia está disposta a discutir congelamento de produção de petróleo, diz Novak

07:50 | 08/08/2016
O ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak, disse hoje que seu país está disposto a discutir com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) a possibilidade de um eventual congelamento da produção de petróleo caso os preços da commodity recuem mais.

Na semana passada, vários integrantes da Opep se disseram favoráveis a retomar discussões sobre o estabelecimento de limites à produção de petróleo quando o cartel de 14 países se reunir em setembro, para uma conferência sobre energia.

"Sempre tivemos a posição de que estamos prontos para negociações. Desta forma, se surgir a necessidade, e a Opep discutir essa questão, também estaremos prontos", disse Novak, segundo a agência de notícias russa Interfax.

Novak disse ainda que poderá se reunir com seu colega saudita de mesma pasta em setembro. A Rússia não faz parte da Opep.

Uma iniciativa similar anunciada em abril em Doha, no Catar, não deu resultado, após a Arábia Saudita desistir de um acordo para congelar a produção, em resposta a uma recusa do Irã de fazer o mesmo.

Alguns membros da Opep afirmam que poderão chegar a um acordo para congelar a produção de petróleo na semana do dia 26 de setembro, quando se reunirão para o Fórum Internacional de Energia, na Argélia. A Arábia Saudita apoia a ideia de um congelamento, desde que outros integrantes da Opep e de fora do grupo, como a Rússia, sigam o mesmo caminho.

Atualmente, os preços do petróleo estão abaixo de níveis que muitos países produtores precisam para equilibrar seus orçamentos. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS