PUBLICIDADE
Notícias

Prejuízo da MMX cai 99,7% e totaliza R$ 1,03 milhão

11:10 | 13/08/2016
A MMX, empresa de mineração do Grupo EBX, registrou um prejuízo líquido consolidado de R$ 1,035 milhão no segundo trimestre de 2016, montante 99,7% menor em relação ao prejuízo de R$ 313,079 milhões contabilizado no mesmo intervalo de 2015.

Em relatório, a companhia afirma que as atividades de produção de minério de ferro permaneceram paralisadas durante abril e junho deste ano. "Desta forma, o foco da direção da companhia continuou sendo a gestão do caixa, a redução dos custos e a busca por fontes alternativas de receitas, o que tem se mostrado cada vez mais desafiador em um ambiente de crise econômica e política no Brasil", diz a MMX.

Desta maneira, o resultado bruto da MMX no período ficou negativo em 7 mil reais, uma redução de 81,1% ante o resultado bruto negativo de R$ 37 milhões verificado há um ano. Já o resultado operacional ficou negativo em R$ 9,078 milhões entre abril e junho de, 2016, um recuo de 96,9% na base anual.

O resultado financeiro da companhia ficou positivo em R$ 10,389 milhões no segundo trimestre desse ano, ante resultado financeiro negativo de R$ 21,106 milhões no mesmo período do ano passado. As receitas financeiras somaram R$ 46,457 milhões, enquanto as despesas financeiras totalizaram R$ 36,068 milhões.

"A gestão austera e responsável do caixa, sem qualquer aporte ou acesso a linhas de financiamento, aliada a busca por fontes alternativas de receita, vem possibilitando a sobrevivência da Companhia ao longo deste processo de reestruturação, que ainda demandará algum tempo, até que a companhia recupere sua capacidade de investimento e geração operacional de caixa", afirma a MMX.

TAGS