PUBLICIDADE
Notícias

Mercado discute projeto de lei que reduz investimentos em publicidade

A queda dos investimentos em publicidade e a existência de projetos de lei que restringem seu uso do capital foram temas discutidos ontem em evento realizado pela Associação Brasileira de Agências de Publicidade nesta sexta-feira, 8.

21:52 | 08/07/2016
NULL
NULL

A queda dos investimentos em publicidade e a existência de projetos de lei que restringem seu uso do capital foram temas discutidos nesta sexta-feira, 8, em evento realizado pela Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap). O encontro contou com a participação de 40 associados no Hotel Gran Marquise.

Um dos projetos (nº 785/2015) é de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), que limita as publicações oficiais atreladas à uma fração de 0,1% da receita corrente líquida para a União e 1% para os estados, Distrito Federal e municípios. Ficariam excluídas dessa limitação as propagandas eleitorais e as instruções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para os pleitos. A matéria aguarda designação de relator.

A nova lei das empresas públicas também foi comentada no encontro.  “Abordamos a nova lei das empresas públicas, estatais, que foi promulgada recentemente e tem alguns pontos a ver com a publicidade. Precisamos discutir para nos adaptar na prática. Pontos como ter que limitar o investimento a 0,5% do faturamento da empresa, mas que pode chegar a 2%. Temos que entender como isso pode influenciar”, Orlando Marques, presidente da Abap. Outros projetos também visam reduzir o investimento.

Houve espaço para discussões envolvendo a implementação de tecnologias no ambiente publicitário e tendências de mercado. “Conseguimos tratar e chegar ao consenso de que as agências precisam cada vez mais investir em gestão, especialmente neste momento atual de economia tão desafiadora”, destacou Marques.

A Abap tem realizado reuniões trimestrais em todo o País com o objetivo de estreitar relações. A primeira edição de 2016 foi no Rio de Janeiro, em maio, e Fortaleza foi escolhida para ser a sede do segundo encontro. Os associados da Abap são responsáveis por 78% do investimento publicitário brasileiro em mídia, movimentando um universo de mais de 3.200 profissionais e atendendo cerca de 4.100 clientes em todo o Brasil. O mercado publicitário cearense conta com pelo menos 40 agências de médio e grande portes em funcionamento.

TAGS