PUBLICIDADE
Notícias

CCEE: novos consumidores livres demandam menos de 1 MW médio

12:30 | 06/07/2016
Os consumidores que mais recentemente aderiram ao mercado livre de energia (Ambiente de Comercialização Livre - ACL) possuem um consumo médio perto do limite inferior de demanda que precisam ter para atuar neste mercado. De acordo com dados preliminares da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), nos primeiros seis meses do ano, as unidades consumidoras especiais que migraram para o ACL registraram uma média de consumo de 0,52 MW médio.

Foram contabilizadas 1.151 novas unidades consumidoras entre janeiro e junho de 2016. A maior parte delas (58%) teve um consumo médio de 0,19 MW médio no período, entrando na faixa de menor demanda de energia entre os consumidores especiais, informou a CCEE.

"Em junho, o destaque é justamente das empresas com menor consumo. Os dados indicam a adesão de 407 unidades consumidoras no mês, que registraram consumo médio de 0,43 MW médios. Desse total, 264 unidades consumidoras (65%) também registraram uma média inferior a 0,2 MW médio no período", informou a CCEE.

Para aderir ao mercado livre, os consumidores precisam ter consumo superior a pelo menos 0,5 MW. Se tiverem demanda entre 0,5 MW e 3 MW, são considerados consumidores especiais e devem comprar energia de fontes incentivadas - usinas eólicas ou solares, térmicas a biomassa ou pequenas centrais hidrelétricas.

TAGS