PUBLICIDADE
Notícias

TCE prorroga por 10 dias prazo para Estado esclarecer irregularidades na obra

O TCE analisa processo de representação formulado pela empresa Cetenco Engenharia S/A, acerca de novo consórcio para execução das obras, Acciona-Marquise

20:08 | 14/06/2016

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) prorrogou por mais dez dias, a pedido do secretário da Infraestrutura do Estado, André Facó, pedido para que o Governo esclareça irregularidades nas obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza, no valor de R$ 2,3 bilhões. O pedido foi votado por unanimidade na tarde desta terça-feira, 12.

 

O TCE analisa processo de representação formulado pela empresa Cetenco Engenharia S/A, acerca de indícios de irregularidades no 1º Termo Aditivo do contrato da Seinfra, em que se formou novo consórcio para execução das obras, Acciona-Marquise. Antes era Centeco-Acciona.

Redação O POVO Online

TAGS