PUBLICIDADE
Notícias

Morre o empresário Ivens Dias Branco

Causa da morte do empresário foi por complicações cardíacas. Ele era presidente do Conselho de Administração do Grupo M. Dias Branco

18:18 | 24/06/2016
NULL
NULL

Atualizada às 23h

O empresário Ivens Dias Branco morreu aos 81 anos nesta sexta-feira, 24, às 18 horas, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A causa da morte foi complicações cardíacas durante uma cirurgia. Ivens era presidente do Conselho de Administração do Grupo M. Dias Branco.

Conforme O POVO apurou, Ivens estava no Hospital Monte Klinikum e foi levado às pressas, no último sábado, para o Hospital Albert Einstein em São Paulo, onde foi submetido nesta sexta-feira, 24, a uma cirurgia no coração de oito horas de duração.

O velório, restrito à família, ocorrerá no sábado, 25, em São Paulo, onde o corpo será cremado. Durante todo o dia haverá missa de corpo presente. A ceromônia de sétimo dia será em Fortaleza.

Na última atualização do ranking dos maiores bilionários brasileiros da Forbes, Ivens ocupava a 17ª posição, com fortuna avaliada em R$ 8,2 bilhões. Hoje, a M. Dias Branco mantém a liderança no setor nacional de massas, com participação de 28,7% de mercado, e biscoitos, com participação de 27,9%, tendo sido eleita a maior empresa do Ceará em faturamento por quatro anos consecutivos (2011 a 2015), segundo o Prêmio Delmiro Gouveia.

[SAIBAMAIS3]

O GRUPO 

O Grupo M. Dias Branco começou em 1936, quando o português Manuel Dias Branco inaugurou a Padaria Imperial em Fortaleza. O ingresso do filho Ivens Dias Branco aconteceu em 1953, aos 19 anos. Com visão empreendedora, Ivens decide ampliar os negócios, investindo na fabricação de biscoitos em escala industrial. As décadas seguintes foram marcadas pela modernização e pelo crescimento das vendas e da produção.

[VIDEO1] 

Pesar

O governador Camilo Santana publicou nota de pesar: "Um dos mais notáveis empreendedores de nosso Estado e de nosso País. Assim foi Ivens Dias Branco. Um homem que, com sua visão de futuro e obstinação, construiu um dos mais sólidos e importantes grupos empresariais do Brasil, tendo contribuído de forma significativa para o desenvolvimento do Ceará. 

Uma frase sua, dita por ocasião dos mais de sessenta anos de trabalho ininterrupto, representa bem sua trajetória de vida: “Sempre tive adversidades, mas também sempre tive condições de remover os espinhos.” 

Na convivência mais próxima que tivemos, nos últimos dois anos, tive a satisfação de conhecer, além do empreendedor, um ser humano admirável.

No momento de sua partida expresso, em nome dos cearenses, o respeito e gratidão pela contribuição dada ao Ceará e me solidarizo com todos os familiares e amigos".

 O Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque, lançou nota de pesar nesta sexta-feira, 24, pelo falecimento do empresário.

“A sociedade cearense sofre uma perda irreparável com a partida do empreendedor Ivens Dias Branco. Empresário com atuação em vários setores, empregador de muitos brasileiros e ser humano exemplar, Ivens Dias Branco deixa grandes recordações para todos aqueles que com ele conviveram. Decreto, a partir de hoje, luto oficial de três dias, no Poder Legislativo Cearense."

O empresário João Carlos Paes Mendonça, dono do Grupo JCPM que atua nos segmentos de shopping center, imobiliário e de comunicação, divulgou um depoimento pela morte de Ivens Dias Branco.

"É uma enorme perda para o País. Sr. Ivens conseguiu construir uma trajetória marcada pelo trabalho, pela dedicação e pela ética. Ao longo de anos de convivência, passei a ter por ele uma grande admiração. Tinha uma visão de negócio como poucos. Deixa no seu grupo a marca de um homem que trabalhava para estar entre os melhores, sem perder o vínculo com suas raízes e que sempre mantinha uma simplicidade que poucos conseguem."

TAGS