PUBLICIDADE
Notícias

Mersch defende políticas do BCE na Alemanha

14:50 | 16/06/2016
O membro do conselho executivo do Banco Central Europeu (BCE), Yves Mersch, defendeu as políticas da instituição nesta quinta-feira à plateia alemã.

"Estou ciente de que nossas decisões deixaram vocês e alguns outros países incomodados", disse o dirigente, pontuando seu discurso com menções a Walter Eucken. O economista alemão ensinou em Freiburg e é considerado um dos pais intelectuais da Alemanha no pós-guerra. Seus ensinamentos são comumente citados por Jens Weidmann, presidente do Bundesbank e crítico da política de compra de ativos.

"Nós, entretanto, continuamos firmes em nossa decisão porque permanecemos leais ao princípio básico de Eucken: a primazia da política monetária", disse, sinalizando que a política monetária deve focar na estabilidade dos preços.

Mersch defendeu o uso de juros negativos por parte do BCE, embora tenha admitido que este é um "assunto exótico numa economia de mercado". Ele também reiterou que, embora os juros tenham recuado abaixo do zero, isso "não significa que não existe nenhum limite absoluto inferior".

Ainda assim, os juros negativos "em um certo volume e por um certo tempo" eram necessários para combater a espiral deflacionária. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS