PUBLICIDADE
Notícias

Estados do Nordeste cobram solução mais urgente no combate à seca

Ceará aguarda por R$ 48 milhões em recursos para obras contra a escassez d'água

11:50 | 21/06/2016

O governador Camilo Santana cobrou duramente a União pelos recursos para o combate à seca. Ao todo, o Estado do Ceará aguarda por R$ 48 milhões em recursos para obras de abastecimento e combate à escassez d'água.
Segundo ele, os recursos para obras hídricas, como o Cinturão das Águas, teve seus repasses reduzidos a quase um terço do que era disponibilizado em 2014. "A garantia da conclusão da obra de  transposição do São Francisco é o que vai garantir a segurança de que a água chegará ao Castanhão, garantindo o abastecimento e evitando um colapso em Fortaleza e na Região Metropolitana, caso não tenha chuva no próximo inverno", disse Camilo

Para o governador, a solução do problema da seca no Nordeste merece atenção especial e rápida da mesma forma que o endividamento dos estados com a União teve. "Nós, governadores do Nordeste, estamos no Fórum [Nordeste 2030] cobrando uma solução mais urgente, mais imediata. Não só para as ações emergenciais da seca, mas também para as ações de médio e longo prazo, que são importantes para que a gente não fique sempre nessa dependência", enfatizou Camilo Santana.
TAGS