PUBLICIDADE
Notícias

Obras da nova área de expansão vão custar R$ 53 milhões

19:01 | 18/05/2016

A Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE) vai investir R$ 53 milhões em obras de infraestrutura da nova área de expansão. Para o espaço, de 1.911,04 hectares, estão sendo prospectados empreendimentos dos setores calçadista, têxtil, petroquímico, metalmecânico, agroindústria, granito e alimentos. A previsão é de que tudo fique pronto em dois anos, afirmou o presidente da ZPE, Mário Lima Junior.

“Temos uma expectativa de investir R$ 53 milhões para infraestrutura, compreendendo uma nova área de despacho aduaneiro, um gate de controle de entrada e saída de matéria prima e produto acabado que será três vezes maior do que o que se tem hoje no setor 1, que atende ao Complexo Siderúrgico, além de investimentos na parte de monitoramento com câmeras. Todas são exigências que o procedimento legal exige para deixar a zona alfandegada”, afirmou Lima, ressaltando que os recursos para as obras devem vir da própria ZPE, com financiamento do Banco do Nordeste e tendo o Governo do Estado como garantidor.

A licitação dos projetos de infraestrutura deve ser lançada em breve. A incorporação da nova área, antes destinada à implantação da Refinaria Premium II cancelada pela Petrobrás no ano passado, foi autorizada pela Presidência da República no último dia 5. Com esta expansão, a ZPE passará a ter 6.182 hectares.

A nova área foi dividida por setores, sendo o setor II Norte destinado para captação de um projeto de refinaria compacta e moderna e o setor II Sul para as demais indústrias.

Redação O POVO Online

TAGS