PUBLICIDADE
Notícias

Novo sistema é implementado para atender a movimentação de placas de aço

Além das obras de segunda expansão, o Porto está investindo também na implantação de um novo sistema de gestão portuária.

12:01 | 11/05/2016

A partir de julho o Porto do Pecém começa a movimentar as placas de aço que serão produzidas pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP).

Para atender a demanda, além das obras de segunda expansão, o Porto está investindo também na implantação de um novo sistema de gestão portuária. Dessa forma, permitirá que a movimentação de placas seja realizada com segurança e com produtividade. O novo programa funcionará interligado com o que atualmente é utilizado pelo porto cearense.

A obra, que contempla três novos berços de atracação (7, 8 e 9), no Terminal de Múltiplas Utilidades (TMUT), uma nova ponte de acesso aos píers, a engorda do quebra-mar e uma correia transportadora para minério de ferro para atender a CSP, está com 77% de avanço e aumentará a capacidade de movimentação do porto cearense até 750 mil TEU's/ano.

 

Redação O POVO Online

 

 

 

TAGS