PUBLICIDADE
Notícias

Banco da Inglaterra mantém política monetária e mostra cautela com voto sobre UE

08:20 | 14/04/2016
O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) decidiu por unanimidade nesta quinta-feira manter sua política monetária, além de sinalizar cautela com a votação que ocorrerá mais adiante no Reino Unido sobre a permanência ou não do país na União Europeia.

Por nove votos a zero, o BoE manteve a taxa de juros em 0,5% e também o programa de compra de ativos em 375 bilhões de libras. Na avaliação do banco central, o plebiscito sobre a permanência do Reino Unido na UE torna mais difícil interpretar os dados e, diante disso, o comitê reagirá com mais cautela que o normal no atual contexto.

Os dirigentes afirmaram ainda que a votação no Reino Unido, por causa das incertezas geradas, pode levar a um crescimento econômico mais modesto no primeiro semestre no país. "Há crescentes sinais de que decisões de investimento e contratação são adiadas por causa do voto", afirmou o BoE.

Além disso, os dirigentes destacaram que o crescimento global deve continuar em patamar modesto. O BoE disse que o crescimento "desapontador" do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA recentemente foi mitigado, por outro lado, pela diminuição dos riscos vindos da China. Em relação aos preços, o BC britânico afirmou que o impulso recente do petróleo e a libra mais fraca devem gerar inflação no país.

Nesta semana, dados oficiais mostraram que o índice de preços ao consumidor (CPI) do Reino Unido subiu 0,5% em março ante igual mês do ano passado, na maior alta nessa comparação desde dezembro de 2014. O resultado superou a previsão dos analistas ouvidos pela Dow Jones Newswires, de +0,4%.

TAGS