PUBLICIDADE
Notícias

Após terremotos, Toyota e Nissan suspendem operações no Japão

Mais de 300 terremotos secundários já foram registrados

09:06 | 18/04/2016
Depois de terremotos que atingiram o Japão na quarta-feira, 14, as montadoras Toyota e Nissan suspenderam as atividades no país. Os abalos deixaram mais de 40 mortos e milhares de feridos. Mais de 300 terremotos secundários já foram registrados.

Por meio de nota, a Toyota informou que suspenderá a produção de veículos entre os dias 18 e 23 de abril.

O presidente do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, afirmou no sábado, 16, que era cedo para avaliar o impacto econômico do terremoto. Contudo, a projeção é de que os danos econômicos tenham ultrapassado os US$ 10 bilhões. As principais companhias de seguros ainda não divulgaram estimativas de perdas.

Redação O POVO Online
TAGS