PUBLICIDADE
Notícias

Dólar fecha com queda de 0,63%

Depois de passar o dia em alta, como reação ao ingresso de Lula no Governo, projeções do banco central dos EUA fizeram a moeda cair

17:41 | 16/03/2016
O dólar fechou com 0,63% de queda nesta quarta-feira, 16, cotado a R$ 3,739. O fechamento representa uma inversão no pregão, depois que o banco central dos Estados Unidos (FED) projetou menos altas de juros neste e nos próximos anos – o que favorece mercados emergentes.

Até a divulgação das projeções do Fed, já no final do pregão, a moeda norte-americana se mantinha em alta em reação ao ingresso do ex-presidente Lula na equipe do Governo Dilma. Na máxima do dia, o dólar atingiu R$ 3,852. Já a Bolsa de Valores de São Paulo fechou com valorização de 1,34%.

Com juros mais altos, a economia norte-americana se torna mais atrativa para investidores, que tendem a retirar recursos de países emergentes, como o Brasil, para aplicar nos Estados Unidos, o que faz o dólar subir por aqui.

Já a nomeação de Lula para a Casa Civil gera dúvidas sobre a política econômica. O mercado teme o afrouxamento nas contas, indo contra à necessidade de ajuste fiscal. Na terça-feira, 15, com especulações sobre ex-presidente no Governo, o dólar teve a maior alta diária em cinco meses, 3,03%.

Ao longo desta quarta, temores de mudança na equipe econômica com a chegada de Lula, também influenciaram a alta do dólar. À tarde, entretanto, a presidente Dilma negou que haja essa intenção. "Eles estão mais dentro que nunca", disse sobre Alexandre Tombini (Banco Central) e Nelson Barbosa (Fazenda).
TAGS