PUBLICIDADE
Notícias

Alemanha quer orçamento equilibrado em 2017, apesar de gastos com imigrantes

12:20 | 22/03/2016
O governo da Alemanha pretende manter um orçamento equilibrado no próximo ano, apesar de gastos extras de cerca de 10 bilhões de euros (US$ 11,3 bilhões) relacionados a custos com imigrantes.

Berlim alertou, no entanto, que para garantir o equilíbrio das contas também em 2018, o governo terá de cortar gastos em 6,7 bilhões de euros em outras áreas, em função das despesas geradas pela entrada recorde de imigrantes no país.

"Para conter o previsível fardo fiscal nos próximos anos, é recomendável um alto grau de disciplina orçamentária", afirmou o governo no orçamento preliminar de 2017 e em planos fiscais para até 2020, aos quais o Wall Street Journal teve acesso.

Os planos deverão ser anunciados pelo gabinete alemão nesta quarta-feira e serão detalhados, durante coletiva de imprensa, pelo ministro de Finanças do país, Wolfgang Schäuble. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS