PUBLICIDADE
Notícias

Irã, Iraque, Venezuela e Catar iniciam reunião sobre petróleo em Teerã

10:10 | 17/02/2016
Ministros do Irã, Iraque, Venezuela e Catar iniciaram uma reunião em Teerã para discutir uma proposta de limitar a produção do petróleo, de forma a conter a tendência de queda dos preços da commodity.

Ontem, Arábia Saudita e Rússia, os dois maiores exportadores de petróleo do mundo, além de Venezuela e Catar, anunciaram um acordo, em Doha, para congelar a produção de petróleo nos níveis de janeiro, contanto que outros grandes produtores, como Iraque e Irã, façam o mesmo.

Segundo a agência de notícias do Ministério de Petróleo iraniano, o objetivo da reunião de hoje "é melhorar as condições do mercado e os preços internacionais do petróleo". A agência, porém, não mencionou um eventual congelamento da produção.

Em decisão de última hora, influenciada pela Venezuela, o ministro de Energia do Catar e atual presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Mohammed al-Sada, decidiu viajar para a capital iraniana e participar das negociações.

Segundo fontes, Al-Sada está confiante de que o Irã concordará em participar de uma ação coordenada da Opep e de produtores de fora do grupo para evitar novos aumentos da produção.

O Irã, porém, vem dando sinais de que não está disposto a limitar sua produção de petróleo.

Apagando perdas de mais cedo, o petróleo vem operando em alta desde as primeiras notícias sobre a reunião em Teerã. Às 11h05 (de Brasília), o petróleo para março na Nymex subia 2,72%, a US$ 29,83 por barril, enquanto na ICE, o Brent para abril avançava 3,11%, a US$ 33,18 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS