PUBLICIDADE
Notícias

BNDES: taxas de financiamento da produção voltada à exportação recuam até 10%

18:35 | 02/02/2016
Dentro das medidas de estímulo à economia anunciadas na semana pelo governo federal, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta terça-feira, 2, uma redução de até 10% nas taxas da linha Exim Pré-Embarque. O banco enxerga a exportação como um dos caminhos para a recuperação da indústria nacional em meio à restrição da demanda doméstica e a partir de uma conjuntura cambial mais favorável. O orçamento do BNDES nessa linha será de até R$ 4 bilhões em 2016.

Para os chamados bens de capital de alta externalidade - com alto grau de inovação e importantes para a cadeia de valor -, a taxa foi de 12,94% para 11,62%. Os demais bens de capitais passam a ter taxa de 13,64%, ante um custo atual de 14,46%.

"Já observamos uma recuperação do quantum exportado em bens de capital (no País). O setor, diante da redução da demanda doméstica, vem buscando mercado no exterior e vamos corresponder a um crescimento de demanda na exportação", disse Coutinho.

Cartão BNDES

O banco de fomento anunciou também o aumento do prazo de amortização do cartão BNDES, de 48 para 60 meses. Em 2015, os desembolsos do cartão somaram R$ 11,2 bilhões, em cerca de 750 mil operações contratadas.

Prazo

A expectativa do BNDES é que as alterações nas linhas estejam operacionais ainda em fevereiro, após o carnaval. As medidas anunciadas envolvem operações indiretas. Por isso demandam um ajuste de tecnologia dos agentes financeiros repassadores desses recursos.

Eficiência energética

O BNDES ampliou a lista de máquinas e equipamentos indutores de eficiência energética. A modalidade "BK Eficiência" da linha Finame teve seus juros reduzidos de 10% para 9%. O banco destinou até R$ 2 bilhões a esta modalidade em 2016.

Além disso, os juros para financiamento dos demais bens de capital, incluindo agrícolas, caem de 11,70% para 9,90%. No caso de ônibus e caminhões, os juros para financiamento cedem de 12,94% para 11,80%.

TAGS