PUBLICIDADE
Notícias

Vendas no varejo ampliado sobem 0,5% em novembro ante outubro, aponta IBGE

09:35 | 13/01/2016
As vendas do varejo ampliado, que inclui as atividades de material de construção e de veículos, subiram 0,5% em novembro ante outubro, na série com ajuste sazonal, informou nesta quarta-feira, 13, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado veio dentro do intervalo das estimativas colhidas pelo AE Projeções, que iam de queda de 1,10% até avanço de 1,30%, com mediana negativa em 0,25%.

Na comparação com novembro do ano passado, sem ajuste, as vendas do varejo ampliado tiveram queda de 13,2% em novembro deste ano. Nesse confronto, as projeções variavam entre queda de 16,40% e recuo de 6,90%, com mediana negativa de 14,20%.

Até novembro, as vendas do comércio varejista ampliado acumulam queda de 8,4% no ano e recuo de 7,8% nos últimos 12 meses. Já as vendas em setembro ante agosto foram revisadas para recuo de 1,7%, ante redução de 1,6% na leitura inicial.

No varejo restrito, que não inclui atividades de material de construção e de veículos, as vendas do comércio subiram 1,5% em novembro ante outubro, na série com ajuste sazonal. O resultado veio acima do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que esperavam desde uma queda de 2,00% até um avanço de 1,10%, com mediana em queda de 0,89%.

Na comparação com novembro do ano passado, sem ajuste sazonal, as vendas do varejo restrito tiveram queda de 7,8% em novembro deste ano. Nesse confronto, as projeções variavam entre recuo de 11,40% e queda de 7,20%, com mediana negativa de 9,42%.

Até novembro, as vendas do varejo restrito acumulam queda de 4% em 2015. No acumulado de 12 meses encerrado em novembro, o indicador apresentou recuo de 3,5%.

Média móvel trimestral

O índice de média móvel trimestral das vendas do comércio varejista restrito subiu 0,6% no trimestre encerrado em novembro em comparação aos três meses até outubro. No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, o índice de média móvel trimestral das vendas recuou 0,4% no mesmo período.

Revisões

O IBGE revisou o resultado das vendas do varejo restrito em outubro ante setembro. O índice subiu 0,5%, menos do que a alta de 0,6% apurada inicialmente. Além disso, o recuo de 0,3% em setembro ante agosto foi revisado para queda de 0,2%.

Marcas negativas

A queda de 7,8% nas vendas do varejo restrito em novembro de 2015 ante igual mês de 2014 foi a mais intensa desde março de 2003, segundo o IBGE. Naquele mês, a retração nas vendas foi de 11,4% nesse tipo de comparação.

Já o recuo de 13,2% nas vendas do varejo ampliado em novembro ante igual mês de 2014 (que inclui veículos e material de construção) foi o pior de toda a série histórica, iniciada em 2004.

TAGS