PUBLICIDADE
Notícias

Disputa entre Argentina e credores pode empacar negociação do acordo

16:15 | 22/01/2016
Uma disputa entre o governo da Argentina e credores internacionais sobre os detalhes do acordo sobre o pagamento de US$ 10 bilhões em dívidas do país pode emperrar as negociações, afirmou o presidente Mauricio Macri nesta sexta-feira.

Segundo Macri, os credores que desejam incluir uma cláusula de não abertura dos detalhes da negociação, o que os argentinos rejeitam. As divergências levaram uma reunião entre os dois lados, feita na semana passada em Nova York, a um impasse.

"Estamos prontos a chegar a um acordo em condições justas", disse o novo presidente, que participa do Fórum Econômico de Davos.

A Argentina pretendia envia uma proposta aos credores para ser examinada na reunião de 25 de janeiro. Esta reunião, no entanto, foi adiada para 1º de fevereiro por Daniel Pollack, o mediador indicado pela Justiça dos Estados Unidos. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS