PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Correção: ANP recebe declaração de comercialidade da área de Bem-Te-Vi, no ES

12:25 | 08/01/2016
A nota publicada na quinta-feira, 7, trazia uma informação incorreta no primeiro parágrafo. A área declarada comercial integra o bloco ES-T-466, e não o BM-S-8, como foi informado. Segue o texto corrigido.

Devolvida pela Petrobras em 2014, a área de Bem-Te-Vi, no Espírito Santo, teve a comercialidade declarada no apagar das luzes do último ano. A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) recebeu a declaração do consórcio responsável pela área no último dia 23 de dezembro. A área integra o bloco ES-T-466, em terra.

A Petrobras é operadora do bloco com 66% de participação, em sociedade com a Petrogal Brasil (14%), a Barra Energia (10%) e a Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP, com 10%). A estatal decidiu devolver a área após acordar com a ANP a redefinição dos limites da área. Parte da reserva foi adicionada à área de Carcará, onde a petroleira decidiu concentrar seus esforços.

A declaração de comercialidade não traz informações sobre o volume das reservas. A área próxima, Carcará, é considerada uma das mais promissoras do pré-sal e integra a lista de desinvestimentos da Petrobras, que busca recompor seu caixa e focar sua atuação em áreas já produtivas.

TAGS