PUBLICIDADE
Notícias

Schwartsman critica tentativa de governo mudar a LDO

11:20 | 14/11/2014
O consultor Alexandre Schwartsman, ex-diretor do Banco Central e sócio-diretor da Schwartsman & Associados, disse nesta sexta-feira, 14, que a proposta de mudança na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) com o intuito de ampliar o desconto de desonerações e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no cálculo do superávit primário, "mostra que no Brasil a regra do jogo se muda". Ele lembrou que a proposta de alteração na LDO é uma revogação, agora, de uma lei aprovada no começo de 2013.

"O Brasil passou 20 anos reconstruindo instituições, com a criação de metas e instituições sólidas, como a LDO, a Lei de Responsabilidade Fiscal. Essa proposta mostra que as instituições não são sólidas e ainda que há um vale-tudo do ponto de vista fiscal", disse.

Em entrevista ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, após participar do Workshop Gestões e Soluções em Terapia Intensiva (Gesti), em Ribeirão Preto, no inteiror paulista, Schwartsman brincou e disse ainda que essa proposta, se aprovada no Congresso, "facilitará o serviço" das agências de classificação de risco do grau de investimento do Brasil.

TAGS