PUBLICIDADE
Notícias

Produção de moto em outubro cai 16,3%, diz Abraciclo

14:30 | 10/11/2014
A produção de motocicletas atingiu 144.596 unidades em outubro, queda de 16,3% sobre as 172.826 motos fabricadas em outubro de 2013, mas uma alta de 13,1%, ante setembro, quando foram produzidos 127.813 veículos, informou a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). No acumulado do ano até outubro, a produção de motocicletas atingiu 1,307 milhão de unidades, baixa de 9% sobre as 1,436 milhão de motos fabricadas entre janeiro e outubro de 2013.

As vendas no atacado, das indústrias às concessionárias, de 129.156 unidades em outubro correspondem a uma queda de 17,5% em relação ao mesmo mês de 2013, quando foram comercializadas 156.569 motos. Na comparação as 116.655 unidades vendidas no atacado em setembro, houve aumento de 10,7%. No ano, até outubro, as vendas às concessionárias recuaram 11,5% ante igual período de 2013, de 1,352 milhão para 1,196 milhão de unidades.

Os licenciamentos de outubro cresceram 0,4% ante setembro, de 119.793 para 120.317 motos emplacadas. Sobre outubro de 2013, quando foram comercializadas 123.517 motos, as vendas recuaram 2,6% no varejo. A média diária de vendas no mês passado ficou em 5.231 unidades, recuo de 3,93% ante as 5.445 unidades diárias vendidas em setembro. Sobre outubro de 2013, cujas vendas diárias somaram 5.370 veículos, houve um recuo de 2,59% segundo a Abraciclo.

"Ainda estamos com a média diária muito abaixo do esperado; havíamos projetado uma média diária de 5.500 motos comercializadas em outubro. Para os dois últimos meses de 2014 esperamos que o acordo firmado entre Caixa Econômica Federal, Banco Pan e Fenabrave (para o financiamento de veículos) surta efeito no mercado para alcançarmos as projeções", informou Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo. Segundo ele, a estimativa aponta para vendas diárias de 5.700 unidades para novembro e 6.400 para dezembro.

Já as exportações caíram 21,7% entre setembro e outubro, de 9.075 para 7.017 unidades, e recuaram 34,6% em comparação com as vendas externas de outubro de 2013, de 10.864 unidades. No acumulado entre os dez primeiros meses de 2013 e 2014, as vendas externas caíram 9,9%, para 78.648 motocicletas.

A última estimativa feita pela Abraciclo, no mês passado, aponta que a produção de motos deve atingir 1,55 milhão de unidades no fechamento do ano, 7,4% menor ante a produção de 1,67 milhão de veículos em 2013. As vendas no varejo devem atingir 1,44 milhão de motocicletas em 2014, uma queda de 5% ante as 1,5 milhão de unidades comercializadas em 2013. As vendas no atacado devem recuar 8,3% em 2014, para 1,46 milhão de unidades, e as exportações devem cair 15% sobre 2013, para 90 mil veículos.

TAGS