PUBLICIDADE
Notícias

Fortaleza acumula inflação de 4,89% ao ano; acima da meta

11:01 | 19/11/2014
NULL
NULL
Neste ano, a inflação de Fortaleza já acumula alta de 4,89%, acima da meta estabelecida pelo Governo de 4,5%. No mês de novembro, a variação é de 0,49%. Em 12 meses, a variação chega a 5,95%. No Brasil, em 12 meses a inflação acumulada chega a 6,42%, perto do teto da meta estabelecido (6,5%). No acumulado do ano, chega a 5,63% e em novembro (0,38%).

 

Alimentação e bebidas e habitação foram os grupos de resultado mais elevado, ambos com 0,56%. Os preços dos alimentos (de 0,69% em outubro para 0,56% em novembro), embora tenham desacelerado, continuaram a pressionar o índice e foram responsáveis, por 0,14 ponto percentual do IPCA-15 do mês.

 

O item carnes, que subiu 1,90%, liderou o ranking dos principais impactos pelo terceiro mês consecutivo, com 0,05 ponto percentual. Outros produtos ficaram bem mais caros de um mês para o outro, a exemplo da batata-inglesa (13,85%) e do tomate (12,12%). O item frutas, com alta de 2,80%, veio a seguir, com 0,03 ponto percentual.

 

Em contraposição, vários alimentos mostraram redução na taxa de crescimento de preços ou até mesmo queda, a exemplo da cebola (-12,49%), farinha de mandioca (-2,98%) e leite longa vida (-2,89%).

 

Por ordem de impacto vieram, do grupo habitação (de 0,80% em outubro para 0,56% em novembro), os itens energia elétrica (1,17%) e aluguel (0,62%), ambos com 0,03 ponto percentual.

 

Dentre os índices regionais, o maior foi o de Goiânia (0,77%), onde os combustíveis (6,77%) foram responsáveis por 0,44 ponto percentual do índice do mês, com alta de 6,72% na gasolina e 10,38% nos etanol. O menor índice foi o de Brasília (0,15%) em virtude da queda de 6,50% nos preços das passagens aéreas, com peso de 2,22% e impacto de -0,14 ponto percentual.

 

Redação O POVO Online

TAGS