PUBLICIDADE
Notícias

Crise do setor elétrico custa R$ 105 bi

11:06 | 04/11/2014
NULL
NULL

Para tentar reduzir os preços da energia, o Governo perdeu cerca de R$ 105 bilhões, segundo cálculos dos especialistas Adriano Pires do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) e Mário Veiga, da consultoria PSR. O valor equivale a um ano de receitas das distribuidoras de energia, de acordo com levantamento publicado pelo jornal Folha de São Paulo.

A perda bilionário foi ocasionada pelo desequilíbrio entre receitas e despesas das distribuidoras, pela baixa geração de energia das usinas hidrelétricas e pelas indenizações pagas às empresas que aceitaram renovar as concessões de usinas e linhas de transmissão por meio da Medida Provisória 579. O pequeno volume de chuvas também acentuou a crise.

Em entrevista recente, o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Zimmermann, defendeu que os custos da energia poderiam estar entre 80% a 90% mais elevados, caso não fosse aprovada a medida provisória sobre as renovações das concessões.

"Independente de existir ou não a 579, haveria a necessidade de geração térmica. Esse é um ponto principal. Em segundo, o nível de exposição que a distribuidora teria seria maior, já que tivemos preço da cota a R$ 30/MWh ou R$ 35/MWh por distribuidora", afirmou Zimmermann.

 

Redação O POVO Online com agências

TAGS