PUBLICIDADE
Notícias

Boa Vista: cai inadimplência do consumidor em outubro

10:00 | 10/11/2014
A taxa de inadimplência dos consumidores brasileiros registrou queda de 0,2% no décimo mês de 2014 em relação a setembro, com ajuste sazonal, de acordo com a Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na comparação interanual, o indicador também caiu, 2,4%. Neste ano, contudo, o nível de inadimplência subiu 2,2% ante o acumulado de janeiro a outubro de 2013. No acumulado em 12 meses até o mês passado, o índice cresceu 1,9% em relação ao período até outubro de 2013. A pesquisa mostra que o valor médio das dívidas registradas no mês passado foi de R$ 942,78.

Ao avaliar apenas o comportamento da inadimplência no varejo, o levantamento indica que houve elevação da taxa em outubro, de 0,9%, na comparação com o nono mês deste ano. As regiões Nordeste (7,8%) e Sudeste (1,7%) tiveram elevações na comparação mensal. Já no Centro-Oeste, no Norte e no Sul houve recuo. Nessa ordem, as taxas ficaram negativas em 7,7%, 8,3% e 3,5%.

No geral, a Região Sul foi onde o levantamento constatou o maior patamar de inadimplência, de 8,2%, no acumulado de janeiro a outubro de 2014. Na sequência, aparece o Centro-Oeste (6,7%) e o Nordeste (2,8%). Norte e Sudeste foram os locais onde as taxas de inadimplência tiveram as menores altas no período, de 0,9% e 0,2%, respectivamente.

Segundo a equipe econômica da Boa Vista, o nível de inadimplência no País deve sofrer pouca oscilação nos próximos meses. De acordo com a instituição, as condições de crédito mais apertadas, com maior seletividade das empresas na concessão de empréstimos, a desaceleração gradual do mercado de trabalho e as taxas de juros (elevadas) devem manter a dinâmica da inadimplência até o final do ano. "A expectativa é que o número de registros de inadimplência feche 2014 com um leve crescimento, em torno de 2,5%", estima.

TAGS