PUBLICIDADE
Notícias

Anfavea: frota deverá mais do que dobrar até 2034

17:40 | 06/11/2014
A frota de veículos brasileiros deverá mais do que dobrar nos próximos 20 anos, de acordo com projeção feita pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e apresentada nesta quinta-feira, 06, pelo presidente da entidade, Luiz Moan. De acordo com o estudo, em um cenário "básico", o número de automóveis no País saltará de 39,7 milhões em 2013 para 95,2 milhões em 2034. Esse número, contudo, poderá variar, chegando a até 105,5 milhões de unidades, em um cenário positivo, ou a 84,6 milhões, em um cenário pessimista.

De acordo com Moan, isso será resultado de um aumento na taxa de motorização, cuja projeção da Anfavea é de que passará de 5,1 habitantes por automóvel (dado de 2013) para 2,4 em 2034, podendo chegar a 2,7 em um cenário mais positivo. Com isso, o licenciamento de novos veículos também deverá mais do que dobrar, passando de 3,6 milhões neste ano para 7,4 milhões em 2034. Número que poderá chegar a 8,3 milhões, dentro de uma visão melhor, ou a 6,3 milhões, na perspectiva ruim.

O presidente da Anfavea destacou que as projeções foram baseadas em algumas premissas como o crescimento da população e do PIB. Tomando como base o histórico dos números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Anfavea projeta que a população brasileira deverá saltar de 201 milhões de habitantes (em 2013) para 226 milhões em 2034. Já para o PIB, a entidade estima que deverá passar dos US$ 2,243 bilhões do ano passado para US$ 4,036 bilhões daqui a 20 anos. No caso do PIB per capita, de US$ 11,2 mil para US$ 17,9 mil.

TAGS