PUBLICIDADE
Notícias

Varejo avança em 7 atividades em agosto, segundo o IBGE

10:40 | 15/10/2014
Sete entre as oito atividades que integram o varejo restrito registraram avanço nas vendas em agosto ante julho. A única exceção foi o segmento de supermercados, com ligeira queda de 0,1%, segundo a Pesquisa Mensal de Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quarta-feira, 15.

Passado o período de Copa do Mundo, as famílias voltaram a consumir. Mas foi o período de volta às aulas que deu a principal contribuição para a expansão de 1,1% no comércio varejista no mês. A atividade de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação registrou um salto de 7,5%.

"O destaque em agosto foi a atividade de materiais de informática e comunicação. A gente viu na série histórica (da pesquisa) que, geralmente, nos meses de voltas às aulas, esse indicador fica mais alto. Então a explicação é a volta às aulas, que aumenta a compra desses materiais", explicou Juliana Vasconcellos, gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE.

Outra contribuição relevante em agosto ante julho foi do segmento de móveis e eletrodomésticos, que teve alta de 1,3% no volume vendido. "A atividade vinha de quatro meses em queda, ele não subia desde março de 2014, quando tinha aumentado 1,2%", lembrou Juliana.

Os demais resultados positivos foram verificados em tecidos, vestuário e calçados (3,2%), artigos farmacêuticos e perfumaria (2,5%), livros, jornais, revistas e papelaria (0,9%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (1,6%) e combustíveis e lubrificantes (1,4%). Combustíveis, já é segundo mês de alta nas vendas. Os preços estão favoráveis, abaixo da inflação", justificou Juliana. "Outros artigos de uso pessoal e doméstico pode ter influência do Dia dos Pais", completou.

TAGS