PUBLICIDADE
Notícias

R$ 417 bi são sonegados no Brasil em 2014

A fim de mostrar à sociedade fortalezense as perdas que o Brasil tem por causa da sonegação, foi instalado um "Sonegômetro" na entrada da Receita Federal

11:12 | 31/10/2014

O equivalente a 30% do valor arrecadado em impostos no Brasil é sonegado, segundo o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz). A fim  de mostrar à sociedade fortalezense as perdas que o Brasil tem por causa da sonegação, que soma mais de R$ 417 bilhões em 2014, foi instalado na entrada do prédio da Receita Federal um "Sonegômetro", aparelho similar ao impostrômetro que mostra a sonegação no País por ano, mês, dia, minuto, segundo ou por contribuinte. A tela de 55' também sugere o que poderia ser feito com o dinheiro sonegado.

O Procurador da Fazenda Nacional e idealizador do Sonegômetro, Allan Titonelli, afirma que a alta sonegação no Brasil é, ao mesmo tempo, causa e consequência da pesada carga tributária do País. Ao passo que a elevada tributação serve de "desculpa" para que pessoas físicas e jurídicas soneguem, por causa da omissão em pagar os impostos, estes acabam sendo cada vez mais elevados, como uma espécie de "compensação".

Segundo Giuliano Menezes Campos, delegado do Sinprofaz-CE,a importância do sonegômetro é levar o conhecimento do quanto é sonegado no Brasil. Com isso, a sociedade pode tomar pequenas medidas a fim de evitar tal situação, como exigir a nota fiscal de produtos ou serviços.

Redação O POVO Online 

TAGS