PUBLICIDADE
Notícias

Prever perda ou ganho com novo PLD é aposta, diz Aneel

19:00 | 14/10/2014
O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) Tiago Correia disse nesta terça-feira, 14, que ainda não é possível dizer quem vai ganhar e quem vai perder com as mudanças do preço da energia no mercado de curto prazo (PLD). Segundo ele, somente será possível ter uma ideia sobre como o preço da energia vai se comportar a partir de novembro, quando começa o período de chuvas.

"É impossível dizer quem vai ganhar ou perder dinheiro agora. Só saberemos no fim de novembro. Até lá, achar quem vai perder ou ganhar é aposta", afirmou. Na avaliação do diretor, este é o momento adequado para a Aneel propor uma mudança no PLD. "Temos que fazer isso agora, antes de começar o período úmido", afirmou.

Segundo ele, se as chuvas forem intensas a partir de novembro, é muito provável que o preço da energia no mercado de curto prazo caia para um patamar próximo de R$ 400 por megawatt-hora (MWh). "Em 95% das séries que analisamos, nos últimos dez anos, esse tem sido justamente o preço máximo da energia", disse.

"Acho que a gente teve a tranquilidade de esperar o momento certo, que é agora, quando termina 2014 e começa 2015. O ano para o setor elétrico começa em novembro, com o início do período úmido", afirmou.

TAGS