PUBLICIDADE
Notícias

Pecém já movimentou seis milhões de toneladas em 2014

Porto cearense ficou na segunda colocação entre os portos brasileiros, em pesquisa realizada pelo Instituto de Logística e Supply Chaion (Ilos)

11:10 | 10/10/2014
No período de janeiro a setembro de 2014, foram movimentadas, através do porto do Pecém 6.4 milhões de toneladas de mercadorias, com operação de 365 navios no período. O número representa um acréscimo de 61% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram movimentadas 3.9 milhões.

O destaque ficou com os granéis sólidos, com variação positiva de 235%, seguindo-se os contêineres com 22, a carga solta e os granéis líquidos com 8% cada uma.
 
As importações contribuíram com cinco milhões de toneladas, aumento de 65% e as exportações com 1.2 milhão, o que representa elevação de 48%. A navegação de longo curso registrou a movimentação de 5.4 milhões de toneladas, enquanto a cabotagem contribuiu com um milhão.
 
Os  produtos que tiveram maior movimentação nas exportações de longo curso foram os combustíveis minerais, seguindo-se dos minérios e escórias e as frutas. Nas importações, os principais produtos movimentados foram combustíveis minerais, os produtos siderúrgicos e os cimentos não pulverizados (clinkers). Neste último item, o Pecém é líder absoluto nas importações entre todos os portos brasileiros, com participação de 36%, seguido do porto de Barcarema (PA) com 13%.
 
No Brasil

Pesquisa realizada pelo Instituto de Logística e Supply Chaion (Ilos). analisando o desempenho de todos os portos brasileiros destacou o porto do Pecém na segunda colocação com a nota 7,90, sendo ultrapassado apenas pelo porto de Itapoá, localizado em Santa Catarina, que recebeu a nota de 8,90. Após o Pecém seguiram os terminais de Navegantes, Rio Grande, Vitória, Itajaí, Suape, São Francisco do Sul, Itaguaí, Rio de Janeiro, Santos, Salvador e Paranaguá.
Redação O POVO Online

TAGS