PUBLICIDADE
Notícias

PBoC diz que precisa monitorar movimentos econômicos

09:10 | 05/10/2014
Os formuladores de política monetária da China precisam acompanhar de perto os últimos movimentos nas economias global e doméstica, assim como as mudanças nos fluxos de capital, afirmou hoje o banco central chinês (PBoC, na sigla em inglês).

Em comunicado, o PBoC também disse que as políticas monetárias tomaram rumos divergentes nas grandes economias, com mais sinais positivos na economia dos EUA, novas medidas de relaxamento na zona do euro e dificuldades em alguns países emergentes.

Ainda no comunicado, divulgado após uma reunião de política monetária trimestral comandada pelo presidente do PBoC, Zhou Xiaochuan, o BC chinês reiterou suas metas de longo prazo de implementar reformas nas taxas de juros e câmbio.

Na última terça-feira, o PBoC diminuiu restrições para hipotecas, em seu primeiro ato direto neste ano para lidar com a desaceleração do setor imobiliário, que está se tornando um grande empecilho para a economia em meio a outros sinais de fraqueza.

O PBoC disse também que vai usar diferentes ferramentas de política monetária de maneira flexível e manter o crescimento da liquidez e do crédito em ritmo apropriado. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS