PUBLICIDADE
Notícias

Bancários devem encerrar greve de quatro dias

12:10 | 05/10/2014
A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) orientou os bancários a encerrarem a greve que já dura quatro dias, após a categoria receber uma nova proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Segundo comunicado divulgado neste sábado no site da Contraf, o reajuste oferecido na nona rodada de negociações subiu de 7,35% para 8,5%, o que significa um aumento real de 2,02%.

O aumento para o piso da categoria passou de 8% para 9%, além de um reajuste de 12,2% no vale refeição. A Fenaban propõe a compensação dos dias parados durante a greve, na forma de uma hora por dia no período de 15 de outubro a 31 de outubro, para quem trabalha seis horas, e uma hora por dia no período entre 15 de outubro e 7 de novembro, para quem trabalha oito horas.

"O Comando Nacional, reunido logo após a negociação, avaliou de forma positiva as novas propostas apresentadas e decidiu por ampla maioria orientar a sua aprovação nas assembleias dos bancários a serem realizadas pelos sindicatos na próxima segunda-feira (6) em todo o País", diz o comunicado. "O aumento da proposta dos bancos é resultado da forte greve dos bancários em todo o País, que cresceu nesses primeiros quatro dias e superou o número de agências paralisadas no ano passado", avalia Carlos Cordeiro, presidente da Contraf e do Comando Nacional.

Ao todo, 10.355 agências e centros administrativos nos 26 Estados e no Distrito Federal aderiram ao movimento grevista na semana passada.

TAGS