PUBLICIDADE
Notícias

Votorantim: tendência para emprego é de desaceleração

17:50 | 11/09/2014
Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira, 11, pelo Ministério do Trabalho mostraram um cenário melhor que o esperado pelo mercado em agosto, afirmou Carlos Lopes, economista da Votorantim Corretora. "Esperava que o mercado de trabalho começasse a desaquecer mais rápido", afirmou. Mesmo assim, ele ressaltou que essa recuperação é pontual e não há muito a comemorar.

Para o economista, a tendência de piora nos números do mercado deve se acentuar nos próximos meses, influenciada por fatores macroeconômicos. "As políticas fiscal e monetária estão mais apertadas e a confiança também está em um nível baixo", explicou.

Apesar da melhora em agosto na comparação com julho, o saldo líquido de geração de emprego no mês passado foi bem inferior ao registrado no mesmo período do ano passado: queda de 37,45%, conforme números com ajuste. Essa tendência de enfraquecimento deve continuar no próximo ano, projetou Lopes. Isso, no entanto, pode contribuir para um arrefecimento da inflação em 2015, acrescentou.

TAGS