PUBLICIDADE
Notícias

Setor áereo brasileiro está próximo ao de 1º mundo

11:40 | 23/09/2014
O setor aéreo brasileiro está atingindo "padrões de primeiro mundo" no que diz respeito às taxas de ocupação. A avaliação é da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). Ao comentar sobre as taxas de ocupação recordes obtidas pelas aéreas brasileiras no mês de agosto, historicamente mês mais fraco na sazonalidade do setor, o consultor técnico da entidade Maurício Emboaba salientou que a diferença entre os índices observados no Brasil e nos Estados Unidos recuou de 15 pontos porcentuais para abaixo de 5 pontos porcentuais.

 

Questionado sobre qual seria o ponto de equilíbrio das aéreas brasileiras, Emboaba indicou que deve girar próximo de 80% nos voos internacionais e em 75% no mercado doméstico. Em agosto, o setor apresentou taxa de ocupação de 79,3% no mercado doméstico, alta de 5,1 pontos porcentuais sobre agosto do ano passado, e de 85,3% no mercado internacional. No acumulado do ano, a taxa de ocupação doméstica está em 79,6%, com alta de 4,6 pontos porcentuais, e a internacional está em 82,05%, com avanço de 6,37 pontos porcentuais.

TAGS