PUBLICIDADE
Notícias

País precisa unificar legislação do ICMS, diz Armínio

16:10 | 23/09/2014
O ex-presidente do Banco Central e principal assessor econômico do candidato Aécio Neves (PSDB) à Presidência, Armínio Fraga, disse que seria possível que em 1 ou 2 anos os pontos principais de uma reforma tributária fossem aprovados pelo Congresso, caso o senador do PSDB vença a disputa pelo Palácio do Planalto. "O Brasil precisa passar pela unificação da legislação do ICMS", comentou. "É necessário também desonerar exportações e investimentos."

"Mas a transição não vai ocorrer da noite para o dia", destacou. Ele ressaltou que como o País "caminha numa direção perigosa" na gestão da economia, apenas uma mudança de trajetória para uma rota mais segura e estável já trará efeitos positivos à demanda e oferta. "A guinada vai trazer entusiasmo que não temos há muito tempo", disse. "A economia pode voltar a crescer 4% a 4,5% ao ano de forma sustentável", ponderou. Ele fez os comentários em palestra promovida pela Eurocâmaras e Câmara de Comércio França-Brasil.

TAGS