PUBLICIDADE
Notícias

Geração de energia cresceu 2,64% em agosto, diz CCEE

10:10 | 10/09/2014
A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) divulgou os dados preliminares de geração e consumo de energia do mês de agosto. De acordo com o boletim InfoMercado, a geração em agosto alcançou 61.280 MW médios, uma elevação de 2,64% ante julho deste ano. Na comparação com agosto de 2013, a variação positiva foi de 0,29%.

 O destaque no período ficou por causa das eólicas, com produção de 1.864 MW médios, o que representa alta de 15,3% ante julho e avanço de 109% sobre agosto de 2013. Em seguida aparecem as PCHs, com 3.110 MW médios entregues, uma elevação de 35,1% frente ao mês anterior e de 36,7% na comparação anual. Já as térmicas totalizaram 18.021 MW médios, avanços de 9% e 36,3% contra julho de 2014 e agosto de 2013, respectivamente. Já as hidrelétricas geraram 38.284 MW médios, com recuo de 2,5% em relação ao mês anterior e de 14,4% ante o mesmo período de 2013.

 Em relação ao consumo, o Sistema Interligado Nacional (SIN) registrou 58.079 MW médios em agosto/14, o que corresponde a uma expansão de 0,66% ante julho, mas recuo de 1,36% na comparação com agosto do ano passado. Do total consumido em agosto, 43.361 MW médios (75%) no ambiente cativo e 14.718 MW médios (25%) no mercado livre de energia.

 O boletim também aponta que, dentro do mercado livre, o consumo concentrou-se nos consumidores livres, com 9.889 MW médios, contra 2.995 MW médios consumidos por autoprodutores e produtores independentes de energia e 1.813 MW médios dos consumidores especiais.

 Na separação por ramo de atividade, o setor de metalurgia e produtos de metal lidera o consumo no mercado livre, com 3.019 MW médios, ou 26% do total. Em seguida aparecem os agentes do ramo de químicos (1.962 MW médios, ou 17%) e transporte (933 MW médios, ou 8%).

 A CCEE destacou, em nota, que o boletim InfoMercado passa a apresentar a partir da edição de setembro os dados preliminares do mês anterior, neste caso, de agosto. Além disso, a CCEE divulgará uma publicação semanal com dados parciais de geração e consumo para o mês corrente.

TAGS