PUBLICIDADE
Notícias

Produzir máquinas e equipamentos no Brasil custa 37% mais

11:00 | 13/08/2014
O presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), José Velloso, afirmou nesta quarta-feira, 13, que o chamado "Custo Brasil" é o principal problema para o setor. Segundo ele, produzir máquinas e equipamentos no País custa 37% mais do que em países como Alemanha e Estados Unidos. Velloso também cobrou que o próximo governo dê mais garantias ao setor, para que possa aumentar sua competitividade no cenário mundial.

 Em debate no painel sobre "Competitividade sistêmica da indústria nacional - medidas indispensáveis", durante o 25º Congresso Brasileiro do Aço, em São Paulo, Velloso defendeu três principais medidas para diminuir esse custo: redução de juros de mercado (com impacto de 7 pontos porcentuais sobre o Custo Brasil); ajuste progressivo da taxa de câmbio (10 pontos porcentuais de impacto) e estímulo ao investimento produtivo. Este último, segundo ele, traria mais de R$ 260 bilhões ao longo de 10 anos para o setor.

TAGS